ABDA apresenta premiação do HaBaWaBa Brasil

Troféus e medalhas têm design exclusivo e são confeccionados em metal

O HaBaWaBa Brasil será realizado entre os dias 9 e 13 de dezembro, mas a premiação já está pronta esperando os campeões na Arena da Associação Bauruense de Desportes Aquáticos (ABDA), organizadora do evento, o primeiro da marca na América Latina.

Para acompanhar a grandiosidade do evento, que é o maior festival de polo aquático infantil do mundo, a ABDA fez questão de preparar uma bela premiação. A ideia era entregar aos campeões troféus e medalhas que tivessem além da beleza também durabilidade e qualidade.

A tarefa ficou a cargo da Invicta Premiações, empresa de Caxias do Sul (RS), que já havia fornecido produtos com excelência nas duas edições da corrida ABDA Urban Run, organizada pela associação. O layout, seguindo toda a identidade visual do evento, criada pela agência Pão Criação, foi transferido para o metal e entregue nesta semana em Bauru (SP).

Troféus e medalhas da Série Titan (primeira divisão) do HaBaWaBa Brasil

Produção minuciosa

O material utilizado na premiação do HaBaWaBa Brasil foi o zamac (metal). “O zamac vem em barras, como as de ouro, e é derretido. Fazemos as matrizes das peças, usando acrílico para o molde inicial. Depois é levado para a borracha onde, sobre pressão, molda a forma das medalhas. Na centrifuga, onde recebe o Zamac derretido, tiramos a primeira medalha, que é usada como peça piloto. Na sequência, são feitas as cópias”, explica Eduardo Ferreira Cavalheiro, diretor comercial e proprietário da Invicta Premiações.

Após esse processo inicial, as peças são lavadas para limpeza e é dado o banho (ouro, prata e bronze). “Na sequência, as peças passam por polimento para retirada do excesso e é aplicado verniz para acabamento”, completa.

+ Leia mais: HaBaWaBa Brasil terá campeões nas séries Titan e Tsu

Troféus e medalhas da Série Tsu (segunda divisão) do HaBaWaBa Brasil

Na fase final da produção, as peças recebem resina para dar o colorido dos detalhes. “Essa etapa é feita por uma pessoa, peça por peça, à mão. Utilizamos seringas para o processo”, detalha o fornecedor.

As medalhas recebem as fitas e as peças que comporão os troféus são fixadas em bases de MDF para ficarem de pé. “As bases recebem o corte, são lixadas, dado o fundo catalizador e pintura automotiva. São furadas nas medidas dos pinos da peça de metal para seu devido encaixe”, comenta Eduardo ao ressaltar que esse processo todo é vistoriado, passo a passo, desde o início para releitura das escritas porque, depois de fundido o metal, a peça não pode ser mais utilizada. 

Troféu Fair Play para equipe que se destacar no "jogo limpo" e medalha de participação que será entregue a todos os atletas

Lembrança para sempre

O mantenedor da ABDA, Cláudio Zopone, ressalta a preocupação com a qualidade dos troféus e medalhas do HaBaWaBa Brasil. “As crianças terão essa lembrança em casa para o resto da vida”, afirma.

Eduardo Cavalheiro, da Invicta Premiações, fala sobre o sentimento de fazer parte de um evento internacional dessa proporção. “Nos sentimos honrados. Poder levar e expor nosso trabalho é motivo de orgulho por todos que fazem parte desse processo. A gente sabe da grandiosidade da ABDA e o que ela significa para essas crianças, mostrando que todos são capazes de ter potencial e vencer as barreiras da vida através do esporte”, conclui.